O blogue, eu e um update

junho 30, 2017

A minha relação com este espaço é de calmaria. Eu uso este espaço para desabafar, para contar episódios da minha vida e, acreditem ou não, eu sou a minha melhor leitora. Como sou aquele tipo de pessoas que vive entre memórias e nostalgias, poder navegar por estas páginas e perceber os meus dias mais felizes ou infelizes e como dei um jeito de os superar, ou não, é uma injeção de autoconfiança para mim.

Há cerca de um mês, deixei isto numa pausa por tempo indeterminado. Eu não estava bem, não me encontrava no melhor momento da minha vida e a única coisa que tinha para continuar a expor por cá, era de como estava "o" caco e a sofrer com um desgosto amoroso que se arrastava há uns meses. Hoje, estou recuperada. Assim que me sentei ao computador para retornar aqui a escrever, tive que pensar seriamente se apagaria aquelas publicações mais tristes. Resolvi deixar ficar, fizeram parte. Não voltam.


Aos poucos, tudo vai ficando bem. Aquela máxima de que "Algumas coisas precisam ir para outras virem" é totalmente verdade. E eu estou a descobrir-me dia após dia. Eu já recuperei uma parte de quem era, já recuperei o riso, o bem-estar e agarrei novas oportunidades. Já resgatei o meu amor por mim mesma que me faz não buscar motivos para me maltratar. 

Na próxima segunda-feira, começo um novo emprego. Não sei se é o certo... mas eu sou aquela pessoa que aceita os desafios e sei, mais do que nunca, que não posso ficar parada. Recebi notícias maravilhosas nesse tempo. Superei as minhas próprias expectativas e tenho-me saído bem naquilo em que me comprometo. Esta nova metade desde ano que tem sido horrível comigo, promete ser fantástica: avizinham-se viagens de curta duração mas cheias de amor, avizinham-se festas, avizinha-se o dia melhor do ano que é o casamento da Andreia... e este espaço - que tanto me tem ajudado - merece que eu compartilhe esses momentos. E fica a promessa, querido blogue, de não te deixar por aqui apenas com lamentos. Daqui a uns tempos quando estiver a "folhear" as tuas páginas, eu vou ter mais lembranças felizes aqui escritas para poder recordar. Vais ver.

1 comentário:

Deixa-me a tua opinião. É muito importante para mim.